Tag Archives: termogênico

Não recomendo parte 2 – Relato sobre Oxylin Pro

27 ago

Bom dia pessoal, como estão passando? Eu estou bem, ando meio sem novidades e sem vontade escrever, por isso o sumiço. Mas, hoje passei aqui por um motivo especial, recebi um e-mail a semana passada de uma leitora do blog, que se identificou com a minha história e também teve problemas com o suplemento termogênico Oxylin Pro. Por motivos de privacidade, ela pediu que sua identidade não fosse revelada, mas, leiam abaixo o relato de mais uma pessoa insatisfeita com o uso e efeitos do produto.

“Olá Eva, tudo bem?

Meu nome é M. e li no seu blog sobre os problemas que o uso do oxylin pro acarretaram, eu também comecei a usar o produto a cerca de um mês, no começo não senti muito efeito, depois comecei a fazer exercícios com mais frequência e sentia mesmo que suava mais durante, mas não achei que meu apetite diminuiu ou que eu estava queimando mais gorduras extras. Com mais ou menos duas semanas de uso, comecei a notar alguns efeitos estranhos, que também acabei demorando pra atribuir ao suplemento, fiquei com insônia, nos primeiros dias meu sono continuou normal, mas acho que conforme a cafeína foi se acumulando no meu organismo, eu dormia apenas três ou quatro horas por noite, um sono agitado, acordava cansada e passava o dia assim, só conseguia malhar por causa da energia artificial que o suplemento me dava, chegava da academia e só o que podia consumir, por causa da dieta, não era suficiente, eu sentia fraqueza, tontura e sempre acabava comendo um pouco mais do que deveria.

Mas, mesmo com todos esses efeitos, como perdi peso nesse primeiro mês, continuei usando o oxylin, quando comecei a notar que durante os exercícios era comum sentir muita falta de ar, taquicardia e suor frio, isso foi piorando e procurei um médico, que, pra minha total surpresa, disse que esses efeitos poderiam ser do oxylin, já que eu sempre tive uma boa saúde e nunca tive problemas respiratórios nem nada disso, não estou muito acima do peso, apenas comecei com a dieta e uma rotina de exercícios para perder uns poucos quilos que ficaram da minha primeira gravidez e melhorar minha condição física, minha saúde. Comecei a usar o oxylin pra ajudar a dar energia, já que a propaganda diz que seria totalmente natural, no final, acabei com uma bela dor de cabeça, tendo que fazer uso de diversos medicamentos (que eu detesto) pra me livrar dos efeitos desse suplemento que, deveria, ser inofensivo ao nosso organismo. Conclusão, parei de tomar o suplemento há cerca de um mês, continuei com a dieta e os exercícios e emagreci do mesmo jeito, sem ter nenhum efeito colateral, tudo da maneira mais saudável possível e assim eu recomendo a todos que o façam.

Por isso, achei que seria bom compartilhar minha história também, sobre o fracasso que o oxylin pro foi na minha vida e o quanto vale a pena seguir pelo caminho mais difícil, mas, mais saudável. Para que mais pessoas leiam e tomem mais cuidado ao colocar em seu corpo remédios e suplementos que prometem mundos e fundos e no final só prejudicam nossa saúde”.

BIGpackOxylinPro90(c)-500x500

Pois é gente, mais uma consumidora insatisfeita e que pior ainda, também teve sua saúde afetada pelo Oxylin Pro, de novo vou dizer que fiquei realmente com os dois pés atrás com qualquer suplemento, mesmo esses de proteína que a galera de academia toma como se fosse suco. Cada um sabe o que é melhor para o seu corpo e como funciona o seu organismo, mas acho importante compartilharmos histórias como essa, para que, ao menos, façamos uso desse tipo de suplementos e/ou medicamentos com mais cautela. Agradeço muitíssimo pelo seu relato M., pode ter certeza que vai ajudar muita gente. E quem quiser compartilhar alguma história sobre dieta, exercícios, saúde ou coisas assim, pode mandar e-mail para: eraumavezeumesma@gmail.com

Até mais galera! o/

[IMPORTANTE] Oxylin Pro e seus efeitos

30 jul

Olá pessoal,

Primeiramente, desculpem novamente pelo sumiço, estava esperando minha consulta com o endocrino por causa da alteração na tireoide e também ando afastada da academia há algum tempo, desde que fiz uma pequena cirurgia e depois descobri uma labirintite, que tem me impedido de fazer exercícios. Amanhã finalmente vou fazer o tal exame pra confirmar o diagnóstico do médico, pra ele poder me medicar e assim, que eu possa voltar a minha rotina na academia. Durante esses meses ganhei algum peso, mas não recuperei tudo o que tinha perdido desde que comecei a Dukan.

labirintite

Mas, hoje na minha consulta com o endocrino, soube de algo e achei importante compartilhar com vocês, até porque eu vejo que a maior parte dos visitantes que vem parar aqui, vem procurando por informações sobre o termogênico Oxylin Pro, o qual, quem me acompanha, sabe que fiz uso por algum tempo, até cheguei a elogiar e descrever os efeitos, mas qual não foi minha surpresa ao dizer para a médica, descrevendo os remédios dos quais faço uso, quando citei o Oxylin e ela não teve dúvidas ao me dizer que foi ele que desencadeou esse quadro de labirintite em mim. SIM!

Além disso, ela me aconselhou a não fazer uso de nenhum desses suplementos, que, ao contrário, do que dizem por aí, não tem controle no ministério da saúde e nem da vigilância sanitária e que podem desencadear diversos problemas de saúde, dependendo do organismo e do quadro clínico geral de cada pessoa.

Eu sempre achei uma grande bobagem isso, “há, eles falam pra ganhar dinheiro”, ou, “conheço um monte de gente que usa e nunca sentiu nada”, quebrei a cara, agora estou com um problema de saúde que nunca imaginei que teria, que está prejudicando minha rotina, me impedindo de fazer exercícios, sério mesmo, as crises de tontura são tão fortes, que só consigo sair na rua a base de Dramin e andar no máximo durante dez minutos, depois disso, o chão parece sumir debaixo dos pés, você tem a sensação que vai cair o tempo inteiro, fora as náuseas que você sente, como se ficasse o tempo todo mareada, os zumbidos constantes nos ouvidos, é um problema bem sério e bem chato. Acreditem, o efeito do Oxylin nem é tão milagroso assim pra valer a pena passar pelos colaterais que podem rolar, como esse.

O negócio é procurar emagrecer na raça mesmo, pegar firme na dieta, deixar a preguiça de lado e achar prazer em fazer exercícios, isso, pelo menos, eu consegui, sei que vou sofrer pra voltar à minha rotina na academia depois de todo esse tempo, mas estou sentindo muita falta.

BIGpackOxylinPro90(c)-500x500

Então, pra você amiguinho que entra aqui em busca de dicas sobre o Oxylin Pro, aqui vai, de acordo com minha experiencia atualizadíssima, NÃO COMPENSA, ele não é um emagrecedor, te ajuda a suar na academia, mas é só isso. Combinando uma boa dieta e uma rotina de exercícios você alcança os mesmos resultados*. Depois dessa que aconteceu comigo, mudei ainda minha visão sobre tudo e aconselho MESMO, que antes de fazer uso de qualquer suplemento, inclusive proteína, pra galera da maromba, consultem um médico gente, a saúde tem que vir em primeiro lugar, porque o que estou passando com esse ‘novo problema’, chamado labirintite, na minha vida, não desejo nada parecido pra ninguém.

*Só a nível de curiosidade e talvez uma dica, pra quem ainda não sabe. A canela e a pimenta são termogênicos naturais, acrescentar esses alimentos na sua dieta, pode ter o mesmo efeito (ou ainda maior) do que o Oxylin, sem trazer riscos pra sua saúde. A galera da Dukan tá usando canela em pó, batida com leite, essência de baunilha e adoçante, gelado no calor e quentinho no frio, o efeito é o mesmo, te faz suar durante os exercícios. 😉

ALTA… I’m back!

3 jun

Hey people, como foram de feriadão prolongado, hein?

Hoje, por algum motivo desconhecido, acordei cedo, feliz e disposta… Uhuuuu \o/

Estou, oficialmente, de alta médica, portanto hoje é o dia! Voltarei pra academia, só estou esperando dar meu horário. A alimentação também, farei de tudo para manter a compostura, no café da manhã tomei um copo de milk shake, feito com leite desnatado, achocolatado light e farelo de aveia. Antes da academia vou de omelete de claras e depois, vamos ver como será o resto do dia. Estou animada mesmo pra voltar a malhar, esses dias a preguiça está me consumindo, mas no fundo estava sentindo falta de mexer o esqueleto, já estou aqui cheia de dores nas costas, isso sempre passa quando faço exercícios com frequência e por mais que não seja nada, a gente se sente melhor não é? Eu me sinto mais útil quando chego da academia… rs

tumblr_m5ts5vsXPq1ruytpmo1_500

Segunda- feira, um friozinho digno pra ficar debaixo das cobertas, mas preciso me animar e voltar pra minha rotina, esse hiatus forçado por causa da cirurgia acabou comigo, mas vamos retomar aos poucos. Já tomei meu termogênico e vamos suar um tiquinho.

Bom dia! =)

Frio = Preguiça e comilança?

27 maio

Segundo essa matéria que encontrei na Revista Exame, não!

Pois bem, não sei como está o clima aí na cidade de vocês, mas eu vivo em São Paulo e por aqui anda bem friozinho esses dias, melhor clima do ano, ADORO! Mas, não nego que realmente dá uma preguicinha de malhar e principalmente de comer só coisinhas light. Eu ando bem fora da linha, ainda estou de ‘licença médica’ da academia, pretendo voltar na próxima semana, e minha alimentação está ruim, vergonhosa, eu diria.

Voltando ao tema da matéria, esses meses mais frios podem ser grandes aliados da perda de peso, mesmo parecendo que ficamos mais preguiçosos e mais comilões. Na verdade com a temperatura ambiente mais baixa, o corpo requer mais energia para se manter aquecido, o que acelera nosso metabolismo e facilita a perda de calorias. Mas, a nutricionista que serviu de fonte para a matéria alerta que, independente do clima e para utilizá-lo a nosso favor, temos que manter a alimentação saudável e os exercícios diários.

1690205-6355-atm17

Algumas dicas para manter a linha e usar o inverno a nosso favor, são:

  • Consumir frutas, legumes e verduras
  • Recorrer a versões quentes de comidas leves, como, preparar saladas com legumes cozidos, optar por omeletes, caldos, sopas e até mesmo frutas, como banana e maçã, cozidas e salpicadas com canela e adoçante.
  • Ingerir alimentos termogênicos, como: pimenta, alho, cebola e canela*, que é um excelente aliado na queima de calorias.

(*Dica: Eu vi um método de dieta que o pessoal está fazendo que é tomar pelo menos duas xícaras de café com canela por dia, dizem que os efeitos na balança são visíveis rapidamente. Mas, cuidado, eu, por exemplo, não posso nem pensar em usar muita canela na minha dieta, já que ela ativa o sangramento menstrual, portanto, quem tem problemas com menstruação, sangramento e outros problemas ginecológicos, é melhor ter cautela).

  • Substituir chocolate quente por chás, que também são termogênicos e diuréticos.
  • Controlar quantidades de alimentos ingeridas
  • Não parar com os exercícios

Isso aí pessoal, vamos então usar o frio a nosso favor, estou me preparando pra voltar com tudo semana que vem, voltar a malhar e a me alimentar melhor, não vamos deixar nossos cobertores e nossa cama aconchegante nos ludibriarem, hein (risos).

levantando-da-cama

Força! o/

Quem quiser ler a matéria na íntegra, é só clicar aqui. 😉

Método Dukan: Como está a primeira semana

10 fev

Sei que prometi escrever com frequência  mas essa semana foi corrida, estava para passar aqui todos os dias, mas outras coisas acabaram tomando meu tempo e não consegui. Mas, estou satisfeita porque hoje (domingo 10/02/2013) completo o sétimo dia da primeira fase do método Dukan, a fase de ataque das proteínas puras. Essa fase vai até quarta-feira, pois, como diz no livro, para obesidades maiores essa primeira fase pode ser levada até, no máximo, dez dias, meu caso.

Posso dizer que estou surpresa comigo mesma, nunca imaginei que fosse me adaptar bem há uma alimentação restrita. Apesar das quantidades serem liberadas, a alimentação é restrita, afinal, comer as mesmas coisas todos os dias enjoa um pouco. Senti bastante falta de massa, no começo, aliás, estou sentindo, minha boca saliva só de pensar num pão, uma batata, arroz, mas estou resistindo. Até porque, é possível comer coisas saborosas dentro dos itens permitidos na dieta.

Achei que meu maior problema seria o açúcar, pensei que iria ficar tremendo pela falta de doce e desesperada para comer algo, mas não, fiz um estoque de iogurtes aromatizados, 0% de gordura, que são permitidos à vontade durante essa fase. Além disso descobri a omelete com peito de peru, frango com requeijão light, então isso ajudou também a me manter firme.

Sobre os exercícios, logo que meu pé cicatrizou, fui para a esteira estrear meu novo tênis de corrida (¬¬), qual não foi minha decepção, quando depois de 30 minutos de caminhada, saí de lá com os calcanhares cheios de bolhas. Pensei, “caramba, esses tênis não estão colaborando com meus exercícios”, portanto, tive que parar novamente durante três dias. Os calcanhares ainda estão bem machucados, mas ontem, coloquei um sapato aberto atrás e fui para a academia fazer bicicleta, que não utiliza esse movimento repetitivo de caminhada que machuca os pés (como não pensei nisso antes?!). O calçado é impróprio e ruim para fazer qualquer tipo de exercício, mas possibilitou pelo menos minha atividade física de 20 minutos diários. Com a ajuda do termogênico  que já comentei em outro post, transpirei bastante, realmente dá uma turbinada na malhação.

Não me pesei ainda depois que comecei a fase de ataque, achei melhor pesar no final e saber logo o resultado todo, que eu espero, muito sinceramente, ser bom, pois, estou fazendo tudo tão direitinho, mas tão direitinho que nem eu estou me reconhecendo. Aliás, preciso comentar, não tive nenhuma tontura, nenhuma tremedeira, o fato de você poder beliscar alguma coisa toda hora ou comer em quantidade necessária para se satisfazer é um beneficio. No livro Dr. Dukan diz que a partir do terceiro dia a fome desaparece, e é verdade mesmo. Primeiro que nunca exagerei nas refeições, comia uma quantidade razoável para matar a fome, beber água durante as refeições (ele recomenda) e mastigar bem os alimentos também ajudam bastante. Além disso, nos intervalos das refeições tomava um iogurte, comia um pedaço de queijo branco, peito de peru. Com isso, a necessidade de comer muito desaparece, você come toda hora, mas um pouquinho por vez (nunca pensei que isso fosse funcionar pra mim!).

No terceiro dia não senti fome nenhuma, mas ele também indica comer antes de sentir, então, não esperava pra comer só quando o estomago começasse a doer. Agora, eu como em quantidades pequenas, mas a todo momento belisco alguma coisa. Passei um pouco mal no terceiro dia, pois, como ele libera o consumo de refrigerantes zero, acabei tomando um copo de guaraná, e não sei se já comentei aqui, mas não suporto o gostinho que fica na boca depois de tomar esses refrigerantes, além disso, por algum motivo começo a me sentir esquisita e tremer, não sei porque, mas refrigerantes light/zero têm esse efeito em mim. Percebi que definitivamente devo tomar só água mesmo e os iogurtes. Aliás, o iogurte liquido, agora tomo no café da manhã, faço uma espécie de milkshake com ele, bato no liquidificador com leite desnatado e as duas colheres de farelo de aveia, que são obrigatórias na dieta. O sabor é ótimo, fica mais leve, docinho.

Com essa fase senti também mais sede, é impossível não ficar bebendo água o dia todo e o bom é que estou fazendo mais xixi, isso ajuda a desinchar, também. A unica coisa um pouco chata foi… Vamos dizer… Um pouco de dificuldade no movimento intestinal, prendeu um pouco. Como já tenho essa tendencia, fugi das regras do método e passei a consumir, além das duas colheres de sopa de farelo de aveia diárias, uma tigelinha com 1/4 de mamão papaia e mais duas colheres de farelo de aveia extras. Resolveu. (E esse foi o único ‘deslize’ que cometi, mas foi pelo meu próprio bem).

Também senti que desinchei, minha barriga parece menor, eu estou mais disposta, parece que toda aquela comida de antes só fazia pesar no corpo e não trazia nenhum beneficio, estou me sentindo super bem, animada, pensei que ficaria super irritada, mas não. Enfim, posso concluir que passei por esses sete dias muito melhor e mais facilmente do que eu poderia imaginar, me restam três para saber quais resultados obtive até aqui. Só posso dizer que, se essa dieta conseguir me prender e me fazer segui-la até o final, todo mundo consegue, porque como já disse, nunca tive essa força de vontade de agora e nunca achei um programa alimentar que me segurasse por muito tempo com os alimentos permitidos, sem me desviar ou me fazer cair em tentação e largar tudo, nunca cheguei tão longe, por isso também estou feliz comigo mesma.

Caminho longo

Vamos em frente que o caminho ainda é longo!

%d blogueiros gostam disto: